×

Este website utiliza cookies. Ao utilizar este website, você está aceitando nossa Política de Privacidade.

Kits para o teste LAL usando o Método Colorimétrico

11th January 2019

Kits para LAL usando o Método ColorimétricoO teste de lisado de amebócitos de Limulus (LAL) é um método de grande importância para a determinação de endotoxinas de origem bacteriana.

Na Fujifilm Wako, temos kits para realizar o teste de LAL utilizando o método colorimétrico, que inclui todos os reagentes necessários para o desenvolvimento da cor que permite a detecção de endotoxinas bacterianas, obtendo valores precisos em pouco tempo de análise. Pode-se aprender mais sobre os princípios para a detecção colorimétrica no teste LAL em nosso blog.

O Teste Limulus Color KY da marca PYROSTAR é um kit para realizar o teste de LAL que permite a determinação quantitativa da endotoxina bacteriana presente em uma amostra. Este kit contém uma mistura de todos os reagentes liofilizados. Nesta mistura, o corante p-nitroanilina encontra-se unido através de uma ligação peptídica, o que faz com que esteja em uma forma incolor. Quando ocorre a cascata de reações causada pelas endotoxinas, a p-nitroanilina é liberada no meio e produz uma cor amarela. A medição da cor pode ser usada como um sinal analítico e permite detectar especificamente a endotoxina com alta sensibilidade.

Na série de Limulus Color KY, pode-se encontrar um kit de múltiplos testes e um kit de medição individual, cada um deles foi projetado para usar o método colorimétrico cinético. O uso destes kits beneficia o usuário, ao evitar resultados falso-positivos, e a detecção de endotoxina pode ser alcançada a partir de 0,0002 UE/mL (no caso de usar o kit para medição individual) e de 0,0005 UE/mL quando é utilizado o kit para medições múltiplas.

O Toxinômetro® ET-6000 é um equipamento projetado pela Wako para a linha de produtos PYROSTAR. Este leitor de tubo permite medições das amostras que são incubadas para o teste de LAL. É simples de usar, e os módulos de expansão estão disponíveis no caso de o usuário precisar medir um número de amostras maior que as 16 medidas em um módulo. A análise pode ser realizada em temperaturas de 30°C e 37°C. Entre as muitas vantagens de adquirir este equipamento, é que podem ser obtidas cópias impressas dos resultados dos testes e é capaz de realizar análises completas sem a intervenção dos técnicos.

Também são importantes os acessórios pertencentes à Série BioClean da marca PYROSTAR, consistindo em ponteiras de pipetas livres de endotoxina (<0,005UE/ponteira) embaladas em envelopes individuais e com película protetora antiaderente para que não seja depositado pó. Estas ponteiras são compatíveis com a Micropipeta Finnpipette Digital (tamanhos 20-200 µl ou 100-1000 µl) e podem ser usadas com o Toxinômetro® ET-6000. Além disso, nesta mesma série, podem ser adquiridas tampas e tubos de ensaio livres de endotoxinas, esterilizados a 250 °C.

A marca PYROSTAR também oferece a Solução Extratora de Endotoxina para Testes de LAL, que permite evitar o uso de água ou solução salina nos testes, pois não são tão eficazes para a extração da endotoxina. A solução extratora livre de endotoxina é usada em uma diluição de 1:20 e contém HSA (albumina sérica humana), que permite a extração de endotoxinas superficiais que não seriam extraídas com água ou solução salina.

LINHA DE PRODUTOS LAL:

toxinometer® ET 7000 series PYROSTAR™ Único Teste Vial Controle Padrão de Endotoxina (CPE)
Toxinometer® ET-7000 Series PYROSTAR™ Único Teste Vial Controle Padrão de Endotoxina (CPE)

Lisa
Por: Lisa Komski Em: Kit LAL Tags: Teste de LAL