×

Este website utiliza cookies. Ao utilizar este website, você está aceitando nossa Política de Privacidade.

Teste de Limulus PS Wako


Teste de Limulus PS Wako

 Limulus PS Teste Único


Reference:
299-54501

Kit de Medição de Endotoxina Específica Método Pyrosep™

Características:

A medição de endotoxina específica pode ser feita com pequenas quantidades, evitando qualquer interferência de substâncias coexistentes, ao absorver endotoxina do Pyrosep™ na amostra e condensá-la.

Assim que a endotoxina é absorvida ao Pyrosep™, mesmo em etanol, uma amostra hipossolúvel pode ser testada desde que se dissolva em etanol. Tais amostras não são geralmente processadas em testes de límulus comuns, (Ex.: vitaminas hipossolúveis, óleos e gorduras).

Nenhum reagente No LAL é desperdiçado, já que estão pré-distribuídos em frascos individuais, e podem ser usados na quantidade necessária para a medição.

Princípio da Medição:

A endotoxina na amostra é absorvida em uma coluna capilar preenchida por  Pyrosep™ (uma afinidade absorvente com histidina ligada a um suporte insolúvel e água via um separador, designado para absorver a endotoxina especificamente). Outras substâncias contidas na amostra são lavadas; permitndo que a endotoxina absorvida ative o reagente de LAL para quantificação, onde a medição é feita utilizando um  Toxinometer® (medidor de toxicidade).

Conteúdo do Kit:

Reagente Único LAL ES (extrato liofilizado do Amebócito de Limulus Poliphemus)

 

20 frascos (for 0.3 mL)

Suspensão Pyrosep™ (suspenso em tampão fosfato)

 

20 frascos (0.77 mL)

Diluente LAL 

 

2 frascos (7 mL)

Solução aquosa

 

4 frascos (11 mL)

Diluição do tampão de amostra 

 

4 frascos (10 mL)

Capilar  (com um tubo de silicone)

 

20 pcs

*A seringa, a torneira em T e o adaptador não estão incluídos neste kit, mas estão deisponíveis opcionalmente no Kit de Acessórios PS (294-33311).

Aplicações: 

(A.)           Detecção de Endotoxina em Dialisado

As amostras foram preparadas para o dialisado comercialmente disponível (dialisado X) e dois tipos e fluídos de reposição para rins artificiais (fluídos Y e ), com quantidades de 5.0 mL em cada caso, respectivamente. Cada um possuía uma Endotoxina de Referência Padrão USP acrescentada,  e o  pH foi ajustado subsequentemente a aproximadamente  5, utilizando ácido acético. A concentração de endotoxina em cada amostra foi medida utilizando o método Pyrosep™ e a endotoxina acrescida foi recuperada. Com o uso do método Pyrosep™, a endotoxina em dialisado é detectável dentro de um intervalo começando em 0.1 EU/L.

(B.)           Detecção de Endotoxina em Vitaminas Hipossolúveis

As vitaminas hipossolúveis D, E e K foram dissolvidas em etanol, ao qual a Endotoxina de Referência Padrão USP foi adicionada. As concentrações de endotoxina nas amostras foram medidas usando o método  Pyrosep™ e a endotoxina acrescentada foi recuperada de cada amostra. O uso do método Pyrosep™ permitiu a detecção de endotoxina em vitaminas hipossolúveis, que de outra forma não poderia ser medido com os reagentes de Limulus.

(C.)           Outros Exemplos

Etanol, óleo de silicone, óleo de soja, óleo de oliva, ácido esteárico, lecitina de gema de ovo,  vacina com adjuvante oleoso, produtos de albumina, produtos de fator de coagulação (fator 8), formulação de interferon, antitrombina III, produtos de imunoglobulina em outras amostras solúveis em etanol.